Junta de Freguesia de São Cristovão de Nogueira

Parque de Merendas do Rio Sampaio

Parque de Merendas do Rio Sampaio

 

A natureza inspira. O homem pensa. A obra nasce. Foi assim com o Percurso Pedestre e Parque de Lazer do Rio Sampaio. O Sr. Presidente da Junta, Abílio Silva, quis que aquele recanto que se debruça sobre o Douro, fosse um espaço da natureza aproveitado pelo cidadão que deseja a calma e a tranquilidade da água cristalina do rio Sampaio. Decidiu-se, então, implantar uma zona de lazer e prática desportiva, preservando a paisagem e recuperando o espaço para recreio e bem-estar.

Foi solicitado ao CAAD – Complexo Desportivo de Lamego, orientado pelo Dr. Paulo Barradas, a elaboração do projeto que continha: percurso pedestre, estação de manutenção, parque de merendas, aproveitamento do açude, parque de estacionamento e ponte de madeira.

A Junta de Freguesia de S. Cristovão de Nogueira apresentou o projeto n.º 97/CR/RIB/08 ao Programa de Promoção do Potencial de Desenvolvimento Regional - Centro Rural de Ribadouro - intitulado “Zona de Lazer e Prática Desportiva - Percurso Pedestre com Estação de Manutenção”, com um investimento total de € 25.000 e comparticipado a 75%. O projeto teve início em 30 de julho de 1997 e concluiu-se a 17 de setembro de 1999.

Dada a escassez de espaço de lazer, foi solicitada a cedência de terreno ao Diretor da EDP, no dia 12 de agosto de 2004, para na outra margem da estrada se dar continuidade ao parque de lazer. Após a colocação de terras, iniciou-se o arrelvamento e plantação de árvores, a colocação de mesas e vedação, bem como a implantação de um fontenário. Lateralmente à vedação providenciou-se um parque de estacionamento. Estes trabalhos tiveram o apoio da Câmara Municipal com o material, dando a junta de freguesia a mão-de-obra. Esta segunda fase concluiu-se em 2006.

 


Nestes espaços não se esqueça dos conselhos gerais para a Proteção da Natureza:

Não abandonar no local o lixo. Colocá-lo nos locais de recolha.

Não partir nem cortar árvores. Não destruir os espaços ajardinados.

Não fazer fogueiras durante o período crítico.

Não fumar na floresta.

Evite o automóvel. Ande a pé.

Em caso de incêndio contactar o 112 ou 117.

Parque de Merendas do Rio Sampaio

 

A natureza inspira. O homem pensa. A obra nasce. Foi assim com o Percurso Pedestre e Parque de Lazer do Rio Sampaio. O Sr. Presidente da Junta, Abílio Silva, quis que aquele recanto que se debruça sobre o Douro, fosse um espaço da natureza aproveitado pelo cidadão que deseja a calma e a tranquilidade da água cristalina do rio Sampaio. Decidiu-se, então, implantar uma zona de lazer e prática desportiva, preservando a paisagem e recuperando o espaço para recreio e bem-estar.

Foi solicitado ao CAAD – Complexo Desportivo de Lamego, orientado pelo Dr. Paulo Barradas, a elaboração do projeto que continha: percurso pedestre, estação de manutenção, parque de merendas, aproveitamento do açude, parque de estacionamento e ponte de madeira.

A Junta de Freguesia de S. Cristovão de Nogueira apresentou o projeto n.º 97/CR/RIB/08 ao Programa de Promoção do Potencial de Desenvolvimento Regional - Centro Rural de Ribadouro - intitulado “Zona de Lazer e Prática Desportiva - Percurso Pedestre com Estação de Manutenção”, com um investimento total de € 25.000 e comparticipado a 75%. O projeto teve início em 30 de julho de 1997 e concluiu-se a 17 de setembro de 1999.

Dada a escassez de espaço de lazer, foi solicitada a cedência de terreno ao Diretor da EDP, no dia 12 de agosto de 2004, para na outra margem da estrada se dar continuidade ao parque de lazer. Após a colocação de terras, iniciou-se o arrelvamento e plantação de árvores, a colocação de mesas e vedação, bem como a implantação de um fontenário. Lateralmente à vedação providenciou-se um parque de estacionamento. Estes trabalhos tiveram o apoio da Câmara Municipal com o material, dando a junta de freguesia a mão-de-obra. Esta segunda fase concluiu-se em 2006.

 


Nestes espaços não se esqueça dos conselhos gerais para a Proteção da Natureza:

Não abandonar no local o lixo. Colocá-lo nos locais de recolha.

Não partir nem cortar árvores. Não destruir os espaços ajardinados.

Não fazer fogueiras durante o período crítico.

Não fumar na floresta.

Evite o automóvel. Ande a pé.

Em caso de incêndio contactar o 112 ou 117.

Galeria de Imagens

Clique na imagem para ver a galeria completa